Notícia

Gerente do Apisul destaca importância da Torre de Controle para a modernização do transporte de cargas

28/06/2022

Image title



O Grupo Apisul recebeu o apresentador do Programa Brasil Caminhoneiro, Fernando Richeti, em seu estande durante a 22ª Transposul, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre (RS), e participou de um bate-papo sobre Torre de Controle Logístico, sistema de gestão integrado e desenvolvido pela empresa.

Na ocasião, o gerente de projetos do Grupo, Marcos Badim, destacou como a solução contribui para tornar o transporte de cargas mais eficaz, com redução de custos e de acidentes nas estradas.

Durante a apresentação, foram abordadas as novas tecnologias para o segmento de transporte de cargas e como a inovação neste setor contribui para a segurança nas estradas e agilidade através do acompanhamento, desde a programação do transporte até o cliente final.

O gerente de projetos do Grupo Apisul ressalta que a torre de controle, inspirada nas torres de tráfego aéreo, permite o monitoramento da logística de todo o transporte e com total controle da operação.

“A torre permite a união de diferentes produtos, todos projetados para otimizar a gestão no transporte de cargas”, complementa.

Grupo Apisul

O Grupo Apisul tem 37 anos de atuação no mercado nacional e oferece solulões modulares para todas as etapas do transporte de cargas. A matriz está localizada em Porto Alegre (RS) e possui mais de 1,2 mil colaboradores divididos em 10 filiais comerciais nas principais cidades e mais de 180 pontos de atendimento de campo.

Assim como possui foco total nas necessidades do cliente para criar soluções eficazes e seguras, com redução de custos nas operações e otimização durante todas as etapas do transporte de carga.

Os clientes confiaram R$ 1 trilhão em mercadorias seguradas pelo Grupo Apisul e 133 mil veículos utilizados em operações ao longo do ano de 2021. Assim como contabiliza 5,4 milhões de viagens monitoradas e R$ 844 bilhões em cargas rastreadas pela empresa e mais de R$ 1,6 milhões de perfis de motoristas cadastrados disponíveis para transportadoras.