Presidente

O Presidente

Presidente FETRANCESC

Dagnor Schneider

Presidente FETRANCESC

O desafio de multiplicar

Multiplicar – em representatividade, em atuação, em defesa das causas do Transporte Rodoviário de Cargas de Santa Catarina e, mesmo, do Brasil. Este é o desafio do Sistema Fetrancesc.

Desde 2016, quebramos paradigmas no que tange à representatividade. A custo de muita sola de sapato gasta, a Fetrancesc atuou nas esferas estaduais e federais, com apoio da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e Associação Nacional do Transporte de Carga e Logística (NTC&Logística), para bem representar o segmento.

Conquistamos grandes feitos, da redução expressiva do roubo de cargas em SC à declaração de constitucionalidade da Lei 11.442/2017, por meio da ADC48, que regulamenta a relação das transportadoras com o transportador autônomo, além da própria participação ativa em importantes reformas estruturantes, a exemplo da trabalhista.

O Estado de SC tem com uma das piores malhas rodoviárias do Brasil, estaduais ou federais, e este será um dos grandes desafios pelos quais seguiremos atuando. Continuaremos trabalhando nesta direção.

Da mesma forma, também seremos persistentes no debate sobre a elevação constante no preço do óleo diesel, um dos principais componentes do custo do frete, aumento este que impacta sobremaneira na atividade do transporte.

Além disso, inovamos. Transformamos o caos em oportunidades. E grandes oportunidades! Prova disso é a Fetrancesc Digital, plataforma de negócios e benefícios exclusivos para as empresas do setor, que gerou economia no bolso do transportador.

Isso reflete o pensamento à frente, com o foco no desenvolvimento do segmento de transporte. Assim como os estudos exclusivos sobre o impacto do fluxo de veículos das BRs 101 e 470 e o de viabilidade da Cabotagem de portos de SC para o Norte e Nordeste.

E é nesta toada que o Sistema Fetrancesc seguirá a partir de agora. Continuaremos atuando fortemente na defesa e representatividade do setor de Transporte Rodoviário de Cargas, porque nós nunca paramos e o Brasil depende de nós. E, fundamentalmente, porque #otransportequemovesc #otransportequemoveobrasil.

Dagnor Schneider
Presidente da Fetrancesc